A primeira festa de aniversário em casa!

Home / Dicas / A primeira festa de aniversário em casa!
A primeira festa de aniversário em casa!

festamassucato1

“Trago fresco na memória o clima de aniversário. Eram dias de organização, em que toda a família se envolvia. Podia faltar na aula para ajudar mãe, vó e tias a enrolar os docinhos. O cheiro era de doce com cachorro-quente. Minha mãe e minha irmã faziam a decoração, e eu separava os discos e as fitas que iriam animar a festa. Muitas horas de preparação para 4 horinhas de festa e uma vida de lembranças.

Até que tive meus filhos, e a facilidade dos buffets me bateu à porta. Com um investimento a mais, entra-se, curte-se a festa como qualquer convidado, não se cansa e não precisa limpar nada depois.

Paga-se com dinheiro e com a impessoalidade.

Ninguém vem perguntar se foi você que fez o bolo, ninguém se envolve na hora de distribuir as fatias, e ainda cantam o Parabéns acompanhados de efeitos especiais completamente desnecessários.

Demorei quatro anos para encarar uma festa em casa, sempre com a desculpa de que o espaço não dava.

Encarei a jornada de encomendas, preparativos, compras e decoração. Não tinha brinquedo, não tinha mesa de guloseimas, não tinha monitor, não tinha 5 tipos de lanches, 18 salgados, 20 doces tradicionais e bolo com sorvete. Mas teve mãe esquentando salgado no forno, pai servindo as bebidas, avô ajudando a servir, sobrinha e comadre com a mão na massa. Teve aquele sentimento de que todo mundo fez parte da festa ativamente, nem que fosse para alcançar um guardanapo para o conhecido.

E a desculpa de que a casa era pequena foi por água abaixo literalmente. Se a casa era pequena, ela ficou menor, porque choveu sem parar!

festamassucato2

Valeu cada momento de estresse pré-festa, valeu cada centavo economizado (metade do valor de uma festa em buffet), valeu cada granulado esmagado no chão, cada bexigada estourada.

Mas o mais importante foi ver meu filho imundo de tanto brincar, morto de cansaço, feliz da vida por ser o dono da festa.

Este foi meu presente para ele: recordações que eu quero que ele conte para meus netos!”

Milene Massucato é mãe do Nicolas e da Lorena. E essa foi a descrição da primeira, e inesquecível, festa que ela fez para o filho, em casa. Que venham outras, querida. A gente adora festa em casa. É um negócio meio viciante. E obrigada por compartilhar aqui esse momento tão especial.

Milene é também a adorável Diiirce e também está no delicioso Loucura Materna. Visite-a para conhecê-la melhor e se apaixonar pelos textos dela, assim como nós. 

5 thoughts on “A primeira festa de aniversário em casa!

  1. Tenho neura c espaço,pq odeio ver o povo apertado,e tem q ter cadeira p todo mundo.Entao fico numa sinuca pq minha familia e grande,mas nao tem nenhuma crianca.Dai convido minhas amigas e amigos do meu marido que tem filhos.Ai fica um mundareu de gente.Mas como fazer festa sem chamar a familia,e como fazer sem crianças?

  2. Sempre fui avessa a esses novos aniversários de ´casa de festas´ e ´animadores´. Na minha lembrança as festinhas de aniversario eram com docinhos de verdade, enrolados pela mãe da gente na nossa frente e tudo era mais gostoso. Lembro que não precisávamos de ninguém para nos animar, nós brincávamos de pique se esconde, pega-pega, e tantas outras brincadeiras inventadas na hora com os primos e colegas. Sempre tinha um tio que arrumava uma dança das cadeiras na hora e ninguém se importava se tinha ´brinde´ ou não porque o importante era se divertir… Hoje as festas são terceirizadas e não importa se o aniversário é seu ou do seu amigo, é como um parque de diversão, os adultos no seu recanto, sendo servidos na mesa e as crianças no playstation e no brinquedão ou no camarim. Tudo muito impessoal como tido no post. Concordo com tudo e assino em baixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.